Cavok Videos: Tragédias Aéreas Recriadas - T01E07 - AF447

Videos

Tragédias Aéreas Recriadas - T01E07 - AF447

 


Em 01 de junho de 2009, o voo 447 da Air France, um voo regular de passageiros do Rio de Janeiro a Paris, desapareceu dramaticamente sobre o Oceano Atlântico. Com poucos vestígios da aeronave, uma intensa busca marítima começou com os destroços sendo encontrados apenas quase dois anos após o desaparecimento inicial. Gravadores de voo recuperados revelaram uma trágica série de eventos que levaram a aeronave a cair no oceano, matando todos a bordo.

Tags:

O voo 447 da Air France (AF447 ou AFR447) foi um voo internacional regular de passageiros do Rio de Janeiro , Brasil, para Paris , França. Em 1º de junho de 2009, os pilotos interromperam o voo do Airbus A330 e não conseguiram se recuperar, eventualmente caindo no Oceano Atlântico às 02:14 UTC, matando todos os 228 passageiros e tripulantes a bordo.

Marinha do Brasil recuperou os primeiros destroços importantes e dois corpos do mar cinco dias após o acidente, mas a investigação do Bureau de Inquérito e Análise para Segurança da Aviação Civil (BEA) da França foi prejudicada porque os gravadores de voo da aeronave não foram recuperados do fundo do oceano até maio de 2011, quase dois anos depois.

O relatório final do BEA, divulgado em entrevista coletiva em 5 de julho de 2012, concluiu que a aeronave sofreu inconsistências temporárias entre as medições de velocidade no ar - provavelmente resultantes de cristais de gelo obstruindo os tubos pitot da aeronave - o que causou a desconexão do piloto automático , após o que a tripulação reagiu incorretamente e, por fim, fez com que a aeronave entrasse em um estol aerodinâmico, do qual não se recuperou. O acidente é o mais mortífero da história da Air France , bem como o acidente aéreo mais mortífero envolvendo o Airbus A330.

14 comentários:

  1. sempre ele trazendo o melhor ... vlw cavok

    ResponderExcluir
  2. Não entendi nada esse episódio, ainda mais considerando que foi feito pela mesma equipe do Mayday, que tinha feito um episódio ótimo do AF447.
    Ficaram o tempo inteiro passando pano pros pilotos, chegando ao cúmulo da piloto do simulador dizer que a atitude de puxar o avião pra cima foi a correta.
    E nem teve os vários pilotos no simulador sem saber da situação como aconteceu nos outros episódios, o que provavelmente mostraria que todos manteriam o avião no curso normal ao invés de puxar pra cima como o Bonin fez.

    ResponderExcluir
  3. Veja se consegue disponibilizar o do Smithsonian, máquinas poderosas. É show.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou sim, conseguindo eu já posto aqui

      Excluir
    2. Uma pergunta: Consegue os episódios legendados de "Desastres No Mar (Ship Disasters)"? Eu gostaria bastante disso, pois é uma série bem legal. Se Não conseguir, tudo bem.

      Excluir
    3. Olá amigo, tudo bem? Nosso foco é apenas documentários ligados a aviação.

      Excluir
  4. A opção mais correta a utilizar quando o PILOTO AUTOMATICA SE DESCONECTOU foi a do último piloto do simulador, não mexer em nada. Poém a falta de assertividade entre os dois pilotos foi nula, não houve gerenciamento na cabine e infelizmente esse avião foi derrubado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Já vi um episódio do Mayday de um acidente causado por isso. Assim que o avião apresentou uma falha, o piloto se afobou e foi tentando "controlar" o que já estava controlado. Resultado: ele derruba o avião e no fim descobrem que a falha não tinha tanta urgência. Nesse episódio tem uma frase que resume bem esses casos: "raramente um alarme em vôo requer uma atitude imediata". Infelizmente em casos que precisam de atitude imediata, os pilotos ignoram.

      Excluir
  5. Saudades da minha Julinha 😢😢😢

    ResponderExcluir
  6. Vlw, Cavok, mas na boa: os caras estão economizando em custo pra recriar as cenas antigas e estão fazendo essa b* de programa. O Mayday era bem melhor, ainda mais que os caras apenas estão repetindo assunto.

    ResponderExcluir